• Home
  • Blog
  • Lucro Real e Lucro Presumido: entenda definitivamente neste post!

Lucro Real e Lucro Presumido: entenda definitivamente neste post!


A hora de decidir qual modelo de tributação a sua empresa estará inserida é uma grande responsabilidade, afinal essa decisão irá impactar diretamente no seu fluxo de caixa e em como sua empresa se organizará financeiramente.

Por exemplo, é preciso considerar alguns pontos para escolher a modalidade que será adotada, o faturamento da empresa e o setor em que ela atua.

Hoje falaremos neste artigo sobre os dois regimes que influem diretamente no modelo de tributação para ser escolhido: o Lucro Real e Lucro Presumido. Vamos conferir?

O que é Lucro Real?

O Lucro Real é um regime optado por muitas empresas. Apesar de seus cálculos serem mais complexos, ele apresenta muitas oportunidades tributárias, permitindo a compensação de impostos e melhor controle do fluxo de caixa.

Empresas que faturam mais de R$ 78 milhões no período de apuração são obrigadas a se enquadrarem nesse regime de tributação.

Contudo, as empresas que não alcançam esse teto também podem escolher estar no Lucro Real, ao decidirem que esse modelo é o vantajoso para elas.

Dentre as empresas obrigadas a estarem nesse regime, temos:

  • As do setor financeiro;
  • As que obtiveram lucro de fontes estrangeiras;
  • Empresas de factoring;
  • E as que possuem isenção de impostos.

Quais as características do Lucro Real?

No Lucro Real, o cálculo da tributação é justo, ou seja, é baseado em cima da situação financeira real do seu negócio (Receita – Despesas).

Há, por exemplo, oportunidades de crédito sobre o PIS e COFINS. Essa oportunidade surge a partir da não cumulatividade. Ou seja, você escolhe o seu planejamento!

A sua empresa também pode escolher se a apuração será trimestral ou anual. Ter a oportunidade de escolha garante maior liberdade, possibilitando que você decida qual periodicidade é a melhor para o seu negócio.

Oportunidade de benefícios fiscais

Aqueles que apuram o Imposto de Renda com base no Lucro Real, aproveitam benefícios fiscais acerca da isenção e redução de base do ICMS, podendo remunerar os seus sócios através dos juros sobre capital próprio (JCP).

O que é Lucro Presumido?

Nesse regime, o IRPJ e a CSLL têm por base de cálculo o faturamento no trimestre por meio da aplicação de alíquotas presumidas. Empresas que faturam até R$ 78 milhões de lucro anual, por exemplo, podem optar por esse regime de tributação.

Vale ressaltar a importância de definir se esse é regime mais adequado ao seu negócio para não sobrecarregar seus encargos tributários.

Quais as características do Lucro Presumido?

Cálculo diferenciado

Em algumas situações, quando comparado ao Lucro Real, ele acaba sendo mais vantajoso, pois é calculado em cima do faturamento.

Possibilidade de economia nos impostos

Essa característica ocorre quando o lucro da empresa é maior que a comprovação de despesas.

Alíquotas pré-fixadas

Com elas, você diminui a necessidade de vários cálculos para calcular o valor do imposto a ser pago.

A AG Tax trabalha com ambas as modalidades

Fazer com que a sua empresa atinja o compliance é nosso trabalho, e fazemos isso com excelência usando a tecnologia do nosso software próprio e o trabalho dos nossos especialistas.

Caso você esteja inserido tanto no Lucro Real quanto no Lucro Presumido, saiba que podemos identificar as oportunidades tributárias que a sua empresa possui.

Mais de 95% das empresas pagam impostos a maior, e nosso dever é regularizar essa condição.

Conte com a AG Tax. Nós disponibilizamos um diagnóstico sem custo para você entender suas oportunidades e deixar de fazer parte dessa grande estatística. Entre em contato conosco hoje mesmo!

Inscreva-se em nossa newsletter:

Leia também

Fisco não é obrigado a verificar créditos de ICMS: entendaFisco não é obrigado a verificar créditos de ICMS: entenda
STJ decide: Fisco não é obrigado a verificar créditos do ICMS em cobrança
Nova decisão entende que tributos podem gerar créditosNova decisão entende que tributos podem gerar créditos
Decisão: IPVA e licenciamento são insumos e geram créditos de PIS/Cofins
Projeto de Lei prevê o fim dos Juros sobre Capital Próprio (JCP)
Fazem parte do Grupo AG Capital:
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Florianópolis, SC - Matriz

  • Av. Trompowsky, 354, 9º andar
    Centro Executivo Ferreira Lima
  • Centro – CEP: 88015-300
  • +55 48 3028-1897

São Paulo, SP

  • Rua Luigi Galvani 146, 3º Andar
    Ed. Brasif

  • Cidade Monções – CEP: 04575-020

  • +55 11 3164-3570

Rio de Janeiro, RJ

  • R. Visconde de Pirajá, 430
    Ed. Monte Scopus – Grupo 901 – 902 – 903
  • Ipanema – CEP: 22410-002
  • +55 21 3807-7225

Brasília, DF

  • SHIS QI 9
    Conjunto 6, Casa 13

  • Brasília - CEP: 70297-400

  • +55 61 3020-0999

2022 © Todos os Direitos Reservados | Política de Privacidade